O Sítio 28

 

O sítio de pesquisa 28 do PELD visa à determinação e hierarquização da sensibilidade ambiental dos ecossistemas da zona costeira do estado de Santa Catarina, a fim de balizar o futuro monitoramento das áreas mais sensíveis aos eventos causados pelas mudanças climáticas, conservando e mantendo a biodiversidade marinha.

 

Criado com a aprovação do projeto "Determinação da Sensibilidade Costeira para Monitoramento dos Impactos Ambientais das Mudanças Climáticas na Zona Costeira de Santa Catarina", no edital 59/2009 do CNPq, o Sítio 28 permitiu a incorporação de toda a zona costeira catarinense no PELD brasileiro.

O projeto tem duração de três anos com duas renovações possíveis, completando assim uma duração de nove anos. Tem como instituição responsável de desenvolvimento a Universidade do Vale do Itajaí - UNIVALI, sob a atuação dos seguintes laboratórios de pesquisa:

 

  • Laboratório de Computação Aplicada;
  • Laboratório de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto;
  • Laboratório de Estudos e Impactos Ambientais;
  • Laboratório de Oceanografia Geológica.

  

Figura 1:  Equipe de pesquisadores.

 

Objetivos Específicos do Sítio 28 

  • Avaliar a utilização de índices de sensibilidade para determinação e mapeamento da sensibilidade ambiental da zona costeira de Santa Catarina;
  • Desenvolver um banco de dados dos recursos biológicos;
  • Criar um Atlas Educativo on-line, contendo as informações sistematizadas ao longo do projeto.

 

Informações Adicionais